Ensino de qualidade desde a educação infantil

O planejamento na educação infantil esteve, por um longo tempo, esquecido, renegado ao rol das atividades sem uma visão educativa. Isso acontecia porque os educadores infantis eram considerados mais como “cuidadores” de crianças. As práticas pedagógicas direcionadas ao aprendizado e baseadas em planejamentos de conteúdo com objetivos definidos não faziam parte do processo educacional infantil, e, portanto, sua importância não era reconhecida.

Hoje sabemos que o trabalho pedagógico deve buscar oferecer à criança o desenvolvimento da autonomia, o que vem a ser a capacidade de construir suas próprias regras e agir conforme. E que o desenvolvimento da autonomia deve acompanhar a criança por muitos anos, mas, é mister que se inicie esse processo já na fase da educação infantil.

A partir desse entendimento, a educação infantil deixou de ser mera extensão dos cuidados domésticos e passou a incluir também atividades capazes de proporcionar à criança o desenvolvimento de suas cognições.

Além do planejamento, é importante que a criança tenha acesso a um ensino de qualidade desde a infância. No entanto, isso pode muitas vezes não acontecer, e por diversos motivos a pessoas que não concluíram o ensino fundamental ou médio no tempo regular. Mas, não é necessário se preocupar, agora é possível realizar a prova do Encceja 2021 para concluir essa etapa.

Além disso, o estudante pode utilizar a apostila Encceja para se preparar e assim, alcançar um bom desempenho, para obter a certificação do ensino fundamental e médio.

O que é planejamento

O planejamento na educação infantil nada mais é do que a organização do tempo e dos conteúdos a serem trabalhados na sala de aula, para que se tenha muito claro o que se quer ensinar e o que se espera que os alunos aprendam. Ele inclui a previsão das atividades (organização e coordenação) em face dos objetivos propostos, e ainda, a revisão e adequação desse planejamento durante o processo de ensino. Por isso o planejamento deve ser flexível e dinâmico.

As ações do planejamento visam a preparação de cada aula, a organização do material didático, o levantamento de diferentes recursos, como por exemplo, a ambientação da sala de aula. Com o planejamento é possível se ensinar o conteúdo sem se desviar da formação continuada. Por isso, um bom planejamento leva em consideração a rotina para que as atividades caminhem conforme esperado.

Para complementar leia esse artigo.

Aspectos do planejamento na educação infantil

O trabalho de planejamento na educação infantil deve ser feito com foco na faixa etária da turma, obedecendo a alguns princípios:

  • A dignidade e os direitos das crianças devem ser respeitados. As diferenças individuais (sociais, econômicas, culturais, étnicas e religiosas) devem ser levadas em consideração nas atividades propostas;
  • As crianças têm o direito de se expressar, de pensar, interagir e se comunicar através das brincadeiras;
  • O acesso aos bens socioculturais disponíveis deve ser considerado para que a criança amplie sua capacidade de se expressar, se comunicar e interagir socialmente. O pensamento, a ética e a estética também são formas de expressão e como tal devem estar presentes no planejamento.
  • A prática social deve ser incentivada, sem qualquer tipo de discriminação;
  • A identidade da criança deve ser preservada e desenvolvida.

Para que as crianças participem ativamente do processo, o planejamento deve oferecer situações em que elas possam se socializar, fazer escolhas, tomar decisões, conquistar e descobrir coisas novas.

Planejar para quando o planejamento falhar

Planejar é antecipar um acontecimento. É tentar cercar-se de uma relativa segurança de que as coisas seguirão o que foi previsto. Porém, nem sempre é assim que acontece. Por isso, além de planejar a atividade do dia detalhadamente, é importante que o educador tenha um plano B, uma carta na manga. Por exemplo, pensar em atividades que envolvam a turma toda; ou mesmo atividades individuais para que aquelas crianças que terminam as atividades antes dos outros não fiquem esquecidas.

Com esses cuidados, o educador estará oferecendo aos seus alunos um trabalho de qualidade. Quando a criatividade é explorada, o tempo que a criança passa na escola torna-se agradável, descontraído. E um ambiente de descontração estimula e proporciona à criança aprendizagens mais consistentes e significativas.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *